Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

O DIREITO DAS MULTIDÕES

Imagine que até há bem pouco tempo, por volta do início e meados do século passado, a coletividade não possuía muitas leis que assegurassem seus direitos, e até mesmo, muitos dos direitos comuns que conhecemos hoje, nem sequer existiam. Hoje é muito comum quando alguém adquire um produto, seja um aparelho de celular, uma roupa, um fast food, e o produto vir com um defeito em seu lote, com reprodução de efeitos em muitas séries, o consumidor ser ressarcido, o fabricante sofrer ação em que tem que responder a uma dezena de pessoas. Hoje o mundo vive uma conscientização da coletividade que até bem pouco tempo não existia. Um exemplo é o dano ao meio ambiente, em que anos atrás, uma fábrica tinha o direito dado pela letra da lei, de despejar seus detritos em rios. O meio ambiente era visto como algo inesgotável, infindável, uma dádiva, de que podíamos dispor sem limites. A partir do momento que começou-se a perceber que existiam bens, situações e fatores que ultrapassavam o interesse ap…

Últimas postagens

VERDADE, ESSÊNCIA E APARÊNCIA

AVISO PRÉVIO – COMO FUNCIONA A PROPORCIONALIDADE DA LEI 12.506/11

CIDADANIA: ILUSTRE DESCONHECIDA

FÉRIAS: conceito, aquisição, concessão, remuneração, abono, faltas e penalidades.

MANIFESTACÕES NO BRASIL, COPA, OLIMPÍADAS, PEC 37, VINTE CENTAVOS E OS BESTIALIZADOS

SUCESSÃO DE EMPREGADORES

"A INTERNET ME DEIXOU BURRO MUITO BURRO DEMAIS..."

ALTERAÇÕES NO CONTRATO DE TRABALHO